PERSPECTIVAS ACERCA DO CONCEITO DE LUGAR PARA OS DOCENTES E DISCENTES DE COLÉGIOS ESTADUAIS DO MUNICÍPIO DE FORMOSA-GOIÁS

Rodrigo Capelle Suess, Hugo de Carvalho Sobrinho, Cristina Maria Costa Leite

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar as perspectivas dos docentes e discentes de quatro colégios estaduais da cidade de Formosa - Goiás, acerca do conceito de lugar. Para isso, a metodologia utilizada pautou-se por pesquisa bibliográfica referente ao conceito de lugar e posterior aplicação de questionário aos sujeitos envolvidos, professores e alunos. Os resultados demonstraram que a compreensão relativa àquele conceito se limita a uma perspectiva tradicional, ou seja: associa-se, tão somente, ao lugar vivido desses sujeitos, sem estabelecer conexões orientadas à compreensão de alguns conceitos geográficos materializados na escala local, nem tampouco às generalizações aplicadas a outras escalas. Essa situação está relacionada não só às lacunas no processo de formação inicial do futuro professor (sua formação acadêmica), como também ao seu próprio processo de formação continuada. Diante dessa situação, concluímos que é necessário promover processos formativos orientados ao trabalho didático pedagógico do professor, em que o lugar, categoria de análise do espaço geográfico, constitui-se importante instrumento de mediação ao professor, que pretende construir conhecimentos geográficos, a partir de conceitos chave a essa área do conhecimento, que ocorrem no espaço vivido dos sujeitos envolvidos na relação ensino/aprendizagem.


Palavras-chave


Ensino de Geografia; Epistemologia da Geografia; Conceito de lugar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexações e Bases Bibliográficas

ibict1_195dialnet1_240latindex1_200sumario1_535e-revist_429