ANÁLISE ESTATÍSTICA DAS PRECIPITAÇÕES DO PARQUE NACIONAL DE SETE CIDADES, NORDESTE DO ESTADO DO PIAUÍ

FRANCÍLIO DE AMORIM DOS SANTOS, LUAN GABRIEL MENESES PACIÊNCIA, JHULLI DE MELO MENDES

Resumo


O objetivo do estudo foi analisar o comportamento das precipitações pluviométricas do Parque Nacional (PARNA) de Sete Cidades, localizado no Nordeste do Estado do Piauí, a partir de uma série histórica anual (1985 a 2015) e estatística descritiva. Incialmente, realizou-se a aquisição de dados de precipitação pluviométrica de dois postos (Piracuruca e Piripiri) junto a Agência Nacional de Águas (ANA), que foram refinados via pacote de programas USUAIS aliado ao uso do software BioEstat, para a aplicação das técnicas de estatística descritiva. Os resultados apontam que há boa correlação (R2 = 0,6995) entre os dados de precipitação dos postos de Piracuruca e Piripiri. Por sua vez, o PARNA apresenta precipitações com média histórica de 1354,0 mm e período chuvoso concentrado de janeiro a abril. Destaca-se que o ano com maior valor de precipitação foi 1985, que foi influenciado pela ocorrência de fenômeno La niña fraco e fase negativa do dipolo do Atlântico. Por outro lado, o ano de 1992 foi aquele que apresentou a menor média anual de precipitação, devido à ocorrência de El niño forte e fase positiva do dipolo do Atlântico. Os dados aqui produzidos devem subsidiar a criação de estratégias conservação do PARNA de Sete Cidades.

Palavras-chave


Unidade de Conservação; Nordeste do Piauí; Chuvas; Estatística Descritiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexações e Bases Bibliográficas

ibict1_195dialnet1_240latindex1_200sumario1_535e-revist_429