DIAGNÓSTICO DO USO DO SOLO EM APP NA MICROBACIA DO CÓRREGO SANTO ANTONIO - SÃO MANUEL (SP) EM FUNÇÃO DA LEGISLAÇÃO AMBIENTAL

Sérgio Campos, Gabriel Rondina Pupo da Silveira, Andrea Cardador Felipe, Yara Manfrin Garcia, Mariana de Campos

Resumo


O presente trabalho visou à utilização de geotecnologias no mapeamento de uso da terra em áreas de APP's, permitindo as suas delimitações e diagnóstico de possíveis intervenções antrópicas, contribuindo para futuras fiscalizações ambientais. A microbacia com 4286,15ha, situa-se entre as coordenadas geográficas 22o 31' 52" a 2238' 20" de latitude S e 48o 33' 40" a 48o 38' 47" de longitude WGr.  As bases cartográficas utilizadas foi a carta planialtimétrica para o georreferenciamento da imagem de satélite de 2011. O SIG-IDRISI Selva foi utilizado na classificação supervisionada e a determinação das áreas do mapa temático. O uso da terra mostrou que a cultura da cana-de-açúcar ocupa a maior parte da área (81,00%), mostrando com isso a predominância da ocupação agrícola na região. A imagem de satélite e a utilização do SIG mostraram-se importantes ferramentas, fornecendo resultados confiáveis num pequeno intervalo de tempo. Os dados obtidos auxiliarão nos futuros planejamentos de recuperação da área, visto que possibilitaram a verificação de que a área não vem sendo ambientalmente preservada, pelo fato de apresentar apenas 12,54% de matas, sendo que o mínimo exigido pela legislação do Código Florestal Brasileiro vigente é de 20%.


Palavras-chave


legislação ambiental, sistema de informação geográfica, preservação ambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexações e Bases Bibliográficas

ibict1_195dialnet1_240latindex1_200sumario1_535e-revist_429